Nomes curtos, com boa fonética e passíveis de registro

Procurando bons nomes para empresas, produtos ou serviços

Nomes “Bons” para registro da marca no INPI e com domínio na internet adequado é o tema do post de hoje. Quer saber mais? Segue a leitura! Desde 1985 é possível ser “dono” de um domínio. Ou seja, registrá-lo sob sua propriedade. Marcas como Apple.com, hp.com, Simens.com, Microsoft.com e Xerox.com foram registradas entre 1985 e 1987. No Brasil, apenas em 1989 se tornou possível registrar domínios com “.com.br”. Em 1996 a Internet foi popularizada e se tornou mais comum o registro de domínio pelas marcas. Na verdade estas se viram obrigadas a registrar seus domínios. Certamente as principais exigências que recebemos para a criação de marca são: nomes curtos, com boa fonética e domínio livre na Internet. Além de que tal nome seja viável para registro no INPI, claro. Em razão disso, sem dúvida, estes nomes estão cada vez…

Saiba Mais

Tenho o domínio na internet, preciso do registro de marca?

Preciso registrar a marca?

Seguido conversamos com amigos empreendedores que registraram o domínio na internet e acreditam que não precisam registrar a marca. Por isso, é importante esclarecer quando é preciso o registro da marca. Para isso, vamos apresentar alguns conceitos antes.   Registro de empresas na junta comercial O registro da empresa na junta comercial protege o título do estabelecimento ou nome fantasia no estado do registro. Assim, não protege as marcas dos produtos ou serviços desta empresa.   Registro da Marca no INPI Enquanto o registro da marca protege a marca e a diferencia no mercado nacional. Isso significa que um título de estabelecimento ou nome fantasia identifica a empresa quanto ao seu local de registro, apenas: a região ou estado. Já o registro da marca junto ao INPI protege os produtos e serviços, ligando-os a determinada apresentação e mercado. Nesse…

Saiba Mais