Como gerar/emitir uma GRU no INPI?

  O INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial é o órgão que regula o registro de marcas no Brasil. Para realizar protocolos como pedidos de marcas, oposições, recursos, entre outros, é necessário primeiro gerar a GRU (Guia de Recolhimento da União). Depois, com a GRU paga, deve-se protocolar o serviço desejado correspondente a GRU.    Para gerar uma GRU (Guia de Recolhimento da União) no INPI, é necessário estar logado no site do INPI, acessando esse link. Depois, entrar com seu login e senha, ou se cadastrar e posteriormente fazer login, caso não tenha.     Nessa outra interface que abrirá, feito o login, clicar em “Tipo de Serviço”, clicar em Marca.     Abaixo, no campo “Serviço”, comece a escrever o nome do serviço que você deseja realizar e selecione-o quando encontrar. No exemplo, escrevemos “recurso”.  …

Saiba Mais

Benefícios em Registrar a Marca e os riscos de não obter o Registro

beneficios e riscos registro de marca

O registro da marca expedido pelo INPI é a única forma de ser dono da Marca e aproveitar as vantagens e a segurança de ter a propriedade deste bem. Neste sentido, se você quer que sua empresa cresça, é importante reduzir ao máximo os obstáculos no caminho para alcançar o sucesso. Por isso, selecionamos algumas informações importante apontando as vantagens que se conquista com o registro e os problemas que podem surgir quando não se detêm a propriedade da marca.   Motivos para se requerer o registro da marca: – Garantia de uso exclusivo. Ou seja, ninguém, do mesmo setor, poderá usar marca similar no Brasil; – Só é dono de marca quem a registra; – Os investimentos em marketing, propaganda e publicidade são percebidos pelos clientes através da marca; – Segurança nos negócios jurídicos firmados com clientes, licenciados…

Saiba Mais

O máximo de especificações de atividades no registro de marca no INPI

mercados da marca registrada

Hoje falaremos sobre como garantir o máximo de mercado com o registro de marcas, empregando como exemplo as estratégias utilizadas pelos titulares da 123 MARCAS, no processo de registro na classe 35 (comércio e negócios).    Como sabemos, marcas garantem mercado. Do contrário, as pessoas comprariam os tênis da nike mesmo sem o símbolo da marca. Ou seja, as vendas de produtos de uma determinada marca estão diretamente relacionadas à sua popularidade, à sua solidez e à sua abrangência de mercado.   Consequência lógica do exposto acima é que, quanto mais mercado uma marca detiver, mais chance de vendas ela terá.      Como aumentar o mercado de atuação de uma marca?    Além do trabalho de comunicação, a marca é registrada em classes mercadológicas, ou seja, mercados. Por isso é possível que exista a marca VEJA para revistas…

Saiba Mais

A dificuldade das análises subjetivas dos técnicos do INPI

como é feita analise de marcas do INPI

  Hoje vamos falar sobre a subjetividade com que julgam os técnicos do INPI e as dificuldades que esta subjetividade traz à sua rotina. Consequentemente, falaremos sobre a importância de se manifestar no INPI sempre que oportuno.   Para ilustrar melhor a realidade da autarquia, reproduzimos parte de um parecer técnico do INPI:   “Já é parte dos lugares comuns do mundo da propriedade industrial se afirmar que o exame de marcas é, por definição, uma atividade marcada pela subjetividade. A rigor, tal colocação se justifica na medida em que o julgamento a respeito dos níveis de confusão ou associação entre dois sinais marcários é caracterizado por margens consideravelmente cinzentas, onde tudo parece estar desprovido de contornos bem definidos, onde nada costuma ser auto-evidente.    A decisão sobre a suficiente distância entre os sinais resta, ao que parece, eternamente…

Saiba Mais